Spiga

Coleção Grandes Boca-abertas vol.1: Rafinha

Jogo de compadre é mais velho do que Salve Rainha. Sempre existiu em qualquer competição, até Copa do Mundo. A CBF sabe, a FIFA sabe, o torcedor sabe. E na verdade não é nada demais, já que se 2 equipes precisam de um empate na última rodada é porque fizeram por merecer. Marcilio Dias e Toledo combinaram um empate na última rodada da primeira fase da Série C. Zero a Zerão, maior pelada. Aí um tal de Rafinha, do Toledo, abriu a boca pra imprensa no final do jogo. O caso foi parar no STJD. Ameaçam fazer um novo jogo. É fácil, bastam ambas as equipes empatarem de novo, de forma até mais aviltante, é só ninguém falar nada depois. Deveriam todos sentar no meio do gramado e jogar truco. E o Rafinha, decore essa fala, que pro STJD é suficiente:

_ Bem, tentamos o gol o tempo todo, mas infelizmente não conseguimos a Vitória, mas pelo menos classificamos...

Ouça a entrevista de Rafinha





Repórter queimadinho

Momento oportuno para rever a entrevista do Vandinho, quando negou a ida para o Coritiba porque "Só sairia do Avaí para ir para um clube grande". À época a declaração caiu como uma bomba na mídia curitibana, mas os fatos confirmaram: Vandinho saiu do Avaí para o Flamengo. Gagueiras a parte, perceba como o repórter ficou queimado, vingando-se do Avaí ao rebaixá-lo como "Time do Guga" (e recebeu uma resposta bem nada a ver do entrevistado, ahaha).



ps.: 1 - O Coritiba só foi campeão Brasileiro em 85 porque não marcaram um pênalti escandaloso para JEC num jogo das fases finais.
2 - Trocadilho infame: quando o Vandinho for jogar na Holanda, se chamará Van Dinho.

Futebol e Cana

Futebol e Cana sempre foram uma dobradinha, sob a ótica do Folclore da Bola. Bela matéria do Globo Esporte, com depoimentos impagáveis de Beto Cachaça, Renato Gaúcho e Luxa e um final emocionante com o lendário goleiro Mão de Onça.

Como evitar tomar gol de pênalti

Se você não quiser tomar um gol de pênalti durante um jogo, faça como o time da Juventus! Detalhe: a narração é do Vanucci e o golaço do jogo é do Sócrates. Puro folclore.

Técnica da secação

O exemplo do post anterior é uma técnica básica que uso para secar o time adversário: afirmar exatamente o que não se quer que aconteça. De uma forma geral, tenho como fatos:
1. O Figueirense ganhará todos os próximo jogos, como por exemplo, do Atlético-PR domingo.
2. A pontuação obtida, portanto, é (n * 3)+ p, onde n é o número de jogos restantes e p a pontuação atual. Ou seja, o tricolor catarinense terminará o torneio com 91 pontos.
3 . O jogador do momento fará todos os gols. Cleiton Xavier será o artilheiro do Brasil.
4. A maré de sucesso se estenderá aos torneios subseqüentes. Além do campeonato Brasileiro, o Figueirense será mais uma vez campeão catarinense, levará a Libertadores e o Mundial 2009.
5. Uma vez sensação do Futebol Brasileiro, todos os seus jogadores (como Cleiton Xavier) serão convocados para a Seleção Brasileira. Assim, o escrete canarinho terá como time-base o Figueirense F.C.
6. A FIFA, impressionada com o novo fenômeno do futebol Florianopolitano, confirmará o estádio Orlando Scarpelli como sede da Copa 2014. De lambujem, fornecerá uma vaga para que o Figueira dispute a Copa ao lado das demais seleções. O grupo do Figueirense terá, além dele, a África do Sul, Portugal e Austrália.
7. Desnecessário dizer que o Figueirense levará o título da Copa 2014, já que a seleção vai amarelar mais uma vez. A final será, inexplicavelmente, contra o Guarani da Palhoça, no Scarpelli (sim, quando mais se precisa de um adversário forte, aparece um sparring).
8. Repetido o sucesso nos anos seguintes, a FIFA considerará o Figueirense hours concours e começará a mudar as regras do futebol para que se alcance maior equilíbrio. Chegaremos ao ponto que o Figueirense entrará em campo somente com Wilson e Cleiton Xavier, sendo que os adversários poderão entrar até com 25 jogadores.

Era isso. Prefiro pensar assim do que me decepcionar, contando com goleadas improváveis, como a de ontem. :)

De certeza

O Figueirense vencerá o Grêmio hoje à noite. Com certeza absoluta. Gol de Cleiton Xavier. Podem me cobrar.

Coleção Grandes Pegadoras: Monique Evans


Deu até selinho no Richarlyson após o treino do São Paulo, e emendou:
_ Eu pegaria, sim. Ele é muito cheiroso.
Lembrando que Monique Evans era a musa do Bobô, ex-craque do Bahia.


Repórteres esportivos no Século XXI

Profundo o título deste post, não? Pois é, preciso registrar uma constatação óbvia: ainda tem (muita) gente que vai atrás de cronista esportivo. Antigamente, passar jogo na TV de time catarinense era raridade, ainda mais em jogos no interior do Brasil. Às vezes nem a rádio fazia cobertura. Os gols, os lances de todos os jogos, começaram a ser mais comuns pro final dos anos 80.
Lembro bem de uma eliminação do Avaí num brasileiro, acho que de 1986:
_ Gente, é gol da Inter de Limeira gente, uma injustiça!
Segundo o narrador Gastão Dubois (hoje na assessoria de imprensa do Avaí), tratou-se de um gol impedido e de um jogo onde o Avaí demonstrou grande superioridade técnica. Seria verdade ou um alento aos ouvintes?
Falo isso pois, plenos mais de 20 anos passados, dei uma secadinha básica no final do jogo Figueirense e Fluminense, no último domingo. Segundo a narração da CBN, um pênalti escandaloso não marcado e um gol do Flu ilegal. Choradeira geral, inclusive com testemunhas da crônica carioca.
Como mentira hoje tem perna ainda mais curta, graças a nossa tecnologia, ambos os lances foram rapidamente desmascarados na Internet, Pay Per View, TVs e afins. Tudo normal, inclusive sem nenhum cronista da SporTV confirmando o tal assalto.
Com essa rapaziada esperta, futuros clientes das transmissões esportivas, pergunto: o que serão desses comentaristas no médio prazo? Terão espaço? Terão alguma credibilidade? Restringirão-se às piadas e aos causos fora das 4 linhas?

Olha, não sei se estou ficando ranzinza, mas depois de acabarem com a cerveja no campo, com o nível da nossa mídia e com a qualidade técnica definhando nos gramados, preocupa-me o futuro do nosso esporte bretão....


Figurando

Estaria o Globo Esporte insinuando que o nosso Figueirense não é um sério candidato ao título e sim um mero figurante no brasileirão? O Folclore da Bola acredita que tenha sido apenas um erro de digitação...


Colaborou o leitor Vitor.

Coleção Grandes Highlanders vol.1 : Aldair

Onde Anda Aldair, zagueiro tetracampeão mundial em 94?

Com 42 anos, Aldair também participou do vice- campeonato mundial em 1998, na França e da vexatória campanha nas Olimpíadas de 96, em Atlanta. Após iniciar a carreira no Flamengo, onde atuou ao lado de craques como Zico, Andrade e Leandro, o defensor foi para a Europa em 1989.

Seu primeiro clube no velho continente foi o Benfica, de Portugal. Mas foi na Roma, da Itália, que Aldair fez sucesso. Defendeu o clube romano por 13 temporadas e se tornou ídolo, tanto que foi homenageado com a aposentadoria da camisa 6, usada pelo brasileiro.

Em 2004, encerrou a carreira no Genoa, da Itália, mas foi convencido pelo seu amigo Massimo Agostini a voltar a jogar futebol. Antes disso, porém, foi convidado a integrar o quadro de dirigentes da Roma, mas recusou a oferta.

Futebol Interior

Jornalistas nas arquibancadas

Sim, todo torcedor também tem seu lado jornalista, acha pauta pra qualquer redação de jornal ou blog. O jornalista Upiara Boschi, do jornal A Noticia, recebeu de um leitor umas sugestões um tanto desconexas. Conta ele em seu blog Reporter U:

"...Um leitor de Joinville disse que o jornal deveria ter mais Fórmula Indy, tabelas dos campeonatos espanhol e italiano, além de informações sobre a cidade de Canoinhas. Mas destacou o principal: Gostaria de ver no jornal o Hino do Grêmio-Poa, pois acho o Hino o mais bonito de todos os times do Brasil".

O Folclore da Bola tomou as dores do leitor e dá as dicas:

Noticias sobre a Formula Indy
Tabela do Campeonato Espanhol
Tabela do Campeonato Italiano
Informações sobre Canoinhas

Hino do Grêmio (Lupicínio Rodrigues)

Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo e que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver

Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo e que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver

90 anos de glória
Tens imortal tricolor
Os feitos da tua história
Canta o Rio Grande com amor

Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo e que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver

Nós como bons torcedores
Sem hesitarmos sequer
Aplaudiremos o Grêmio
Aonde o Grêmio estiver

Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo e que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver

Lara o craque imortal
Soube seu nome elevar
Hoje com o mesmo ideal
Nós saberemos te honrar

Até a pé nós iremos
Para o que der e vier
Mas o certo e que nós estaremos
Com o Grêmio onde o Grêmio estiver



Colaborou Alexandre Gonçalves

Técnicos nas arquibancadas

É a velha máxima: o Brasil tem 100 milhões de treinadores. Na maioria das vezes uma "caixa de ressonância da imprensa", como dizia o Parreira. Nas arquibancadas, gritam e opinam a cada lance, querendo explicar pro jogador como jogar futebol.
Ontem, contra o Gama, o Ferdinando armou pra dar seguinte chute do meio da rua:


Realmente era de bem longe, percebam que não dá ainda pra ver a trave. Um torcedor, muito apavorado, gritou atrás de mim:

_ NÃO CHUTAA!!

Ainda bem que os jogadores não ouvem os torcedores...

Com Todas as Justiças?

... Seee a fácil beber? Beber do jeito que a gente bebeu.. hein? Aí é muito mais difícil mesmo...

Dirceu_01_150.jpgSão Paulo, SP, 14 (AFI) - O narrador esportivo Dirceu Maravilha, principal locutor da equipe de esportes da Rádio Record de São Paulo (AM 1000) foi detido neste domingo, por volta das 2 horas, na zona oeste de São Paulo, após se recusar a passar pelo teste do bafômetro depois de deixar uma padaria nos Jardins, bairro nobre da capital.

Clientes da padaria chamaram a Policia Militar, pois, segundo os mesmos, o locutor, de 53 anos, estava muito alterado e discutia com sua namorada. Ao chegar no local, a namorada de Dirceu havia ido embora em um táxi, mas o narrador ignorou os policiais entrou em seu veículo.
egundo os policias, Dirceu aparentava estar embriagado e foi perseguido até ser interceptado na esquina da rua Teodoro Sampaio com a rua Capote Valente, em Pinheiros. Neste momento, a PM preparou para aplicar o teste, como determina a nova lei do Código Brasileiro de Trânsito, porém, o mesmo recusou-se a ser submetido ao teste.

Assim, o locutor esportivo foi autuado por estar dirigindo embriagado, além de não estar portando os documentos do veículo. Dirceu Maravilha foi encaminhado ao 14º DP, em Pinheiros. Posteriormente, o narrador seria foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passaria por exame clínico para comprovar o estado de embriaguez.

Futebol Interior

Juiz com todos os méritos, com todas as vodkas

A única coisa útil a acrescentar nesse video é explicar que o jogo ocorreu na BieloRussia, além de umas rodelas de limão...

Aprendendo a comentar com Juca Kfouri

Não serei injusto com o Roberto Alves, ao acusá-lo de apenas citar fatos nos seus comentários. O Juca Kfouri, muito mais famoso, usa do mesmo expediente. Veja o comentário de hoje na CBN.

"A liderança do Flamengo já não é mais tão folgada. Ao empatar com o Atlético MG em 1 a 1, o rubro-negro carioca permitiu a aproximação de um outro rubro-negro, baiano, o Vitória que agora está a apenas 3 pontos do lider. E ainda hoje, outros 2 times, têm tudo pra desfrutar a mesma situação: O Palmeiras, que recebe o Figueirense e o Cruzeiro, que visita o Ipatinga, ambos os jogos as 8 e meia. Vasco e Sport em Sao Januário completam a 10a. rodada do brasileirão. Nos jogos de ontem a grande novidade foi a primeira Vitória do Fluminense, que enfim, desencantou, ao bater o Atletico PR por 3x0. E o grande furor foi mesmo a goleada do Vitória, que enfiou 5 x 2 no Botafogo, no Barradão, em Salvador. Juca Kfouri, gripado, pro Momento do Esporte."

Lições aprendidas com o Juca:

1. Quando a diferença de pontos entre o líder e o vice-líder cai para até 3 pontos, ela deixa de ser folgada.
2. É importante citar os resultados e os próximos jogos da tabela. Use a Internet como fonte de pesquisa.
3. Flamengo e Vitória são rubro-negros. Assim, sempre que houver qualquer tipo de confronto entre times de mesma cor, agregue valor ao seu comentário. Ex.: Quando o Palmeiras enfrentar o Goiás, diga que é a "batalha dos verdes".
4. O Vitória que disputa a série A é o da Bahia.
5. Antes de um jogo cujo um dos times possa chegar a mesma pontuação comentada em outro tópico, informe que esse time poderá chegar à mesma situação. O público precisa saber! Use a Internet para checar a tabela, verificando os times que vão jogar com até 3 pontos de diferença na classificação.
6. Aprofunde e afirme seu conhecimento da tabela: diga também os horários dos jogos. Use a Internet como fonte de pesquisa.
7. O último jogo de uma rodada é o que completa a rodada. Cite o número da rodada também. Use a Internet como fonte de pesquisa.
8. Cite sempre o local dos jogos. Num jogo do Vasco em casa, por exemplo, é sempre importante frisar que será em São Januário. Use a Internet como fonte de pesquisa.
9. Se um time ganhar após 9 jogos sem vitória, classifique o fato como uma grande novidade, ou um desencanto.
10. Classifique uma goleada de um time de fora do Clube dos 13 num time do Clube dos 13 sempre como um furor.
11. O Estádio do Vitória é o Barradão, em Salvador.
12. Descontraia e crie laços com seus ouvintes citando, por exemplo, se está com tosse ou gripe.

Ouça o comentário no site da CBN

Imprensa especializada


Quando quero me informar sobre algo na imprensa esportiva, procuro quem entende do assunto. Na época de Copa do Mundo, por exemplo, não tem a menor graça assistir a cobertura da RBS com o Roberto Alves. Deixo para ouvi-lo falar apenas do Campeonato Catarinense, e olhe lá. Por preguiça de configurar direito o meu Messenger, a janela de notícias do Windows Live Hoje fica sempre pipocando, e apresenta hoje duas notícias conflitantes: Fluminense Lider empata com o Atlético MG e Fluminense sai da ressaca e vence Atlético PR. Ou o Flu jogou 2 partidas simultâneas com o time misto ou Paraná e MG são o mesmo estado.
Em se falando de bola, ainda boto mais fé no Roberto Alves do que no Bill Gates. ;)

Aniversário. Com todos os méritos. Com todas as Justiças.


E hoje faz 2 anos do momento mágico da história do futebol. A intervenção de Fernando Vanucci na TV, logo após o Tetra da Itália.

Um torcedor do Fluminense me mandou essa adaptação:

Alô você, alô Brasil, chegando, é você mesmo. LDU cambeã da Libertadores da América. Com todoz oz méritoz, com todaz az justizas... É claro que... É GLARO que eu também estou incorforbado com VOCÊ porque poderia ser hoje o Fluminense cobeorando o titlo. Se... se é fácil perder... perder do jeito que o Fluminense perdeu, hein? Ainda é muidomaidificil, mamuidomaidificil mesmo. É difícil perder zabendo que... a gente não pode ezquecerrrr. É difízil esquecer isso. Tempo nós vamos ter pra ezquecer, sem dúvida.

Esta Libertadorez de 2008 mááis, por 1 ano, no mínimo ela vai ficar aqui com a gente. E talvez para sempre, Doiz bil e zingo que jamais foi ezquecida pelo grande favoritismo do Fluminense e pelo desÁÁÁÁstre na final do Maracanã... agora é hora que os craquez decidiram não cobrar penaltiz, isso é verdade... má muito é verdade... não teve ezpetáculo e o resultado boderia zer, o que aconteceu exatamente! Agora é hora de revrenziar BOLAÑOS, GUERRÓN, CEVALLOS!!! Aaaahhhh... LDU... Cambeã da Libertadores!!!!

Aaahhhh pra nóz... é hora do Flubidenze penzar no futuro... o futuro... ... é hora do Flubidenze reformular... reformular... é hora do Flubidenze mudar... OU... ... ... ... ... mudar de vez... vamoz colocar o castelo de areia abaixo... ABAIXO... e iniziar uma conztruzão zólida para doiz bil e nove... Taça Libertadores do América dois bil e nove... também não é... azim tão longe... é logo alí. Caso contrário, o Flubidenze zerá... comiiiidaaa... de equatorianos...

Pay per Xing


A lei seca nos estádios e nas estradas está forçando muitas mudanças no comportamento dos torcedores. Nada de cervejinha antes, durante e depois os jogos nos estádios. Assim, já tenho percebido uma certa cara de pastel nos freqüentadores das arquibancadas, uma vez que não podem mais dar aquela animada com uma cerva.
Além da emoção, um dos principais problemas de assistir jogos no Pay Per View é a impossibilidade de xingar as arbitragens, de forma que possam ouvir.
O Folclore da Bola propõe o sistema complementar Pay per Xing (pague para xingar). Com uma taxa adicional, o torcedor terá acesso a um microfone multimídia ligado ao site da PayPerXing. O site, por vez, terá conexão com um sistema de alto falantes a serem implantados em locais estratégicos do estádio (no centro e num trilho correndo paralelamente aos bandeiras).
Você escolhe no menu do sistema quem xingar e grita. Há também alguns gritos pré-gravados, para que você não perca seu tempo:

1. FDP!! (genérico)
2. Agora tu dá, seu FDP? (não deu uma falta igualzinha pro seu time no lance anterior)
3. Seu coxinha de boteco! (para árbitros ou bandeiras gordos)
4. Sua gostosa! (para bandeirinhas)
5. Só 3 minutos? Vai tomar no cú! (quando os acréscimos forem insuficientes pro seu time empatar ou ganhar)
6. Não tava, seu FDP !! (para impedimentos mal assinalados)
7. Tua mãe tá na zona!! (idem a 1)

Pronto. Fique em casa, beba e xingue à vontade!!

Várzea total


Várzea total era um jargão de um amigo meu, quando saía pra balada e encontrava um local muito ruim, muito mal freqüentado. Uma alusão ao futebol de várzea.
No último post sobre os ex-gremistas no Criciúma, lembrei depois do folclórico Paulo Nunes. E ontem, por coincidência, encontrei a figura cantando no Raul Gil (é isso mesmo, pasmem).
Procurei no YouTube, mas por enquanto nada.
Além do Paulo Nunes estavam lá cantando (na verdade dublando) Luise Altenhofen e Maguila.
Várzea Total.

Veteranos reforços


Sempre tive o maior apreço por contratações de medalhões veteranos em clubes pequenos. Nos anos 80 era um bafafá. Quando em 1980 e poucos o Avaí contratou Mazolinha do Botafogo, achei o máximo. Tempos depois ele saiu reclamando daqui dizendo que o clube nem ataduras fornecia.
Com a globalização esse tipo de bomba passou a ser algo comum. Temos Marcelinho Carioca no Santo André, Tulio no Vila Nova e muitos outros.
Via de regra ocorre assim: o jogador chega alardeado pela imprensa, leva dias pra entrar em forma, estréia mais ou menos, faz uns golzinhos (normalmente contra o Avaí), contunde-se, usa o período pra resolver problemas particulares em sua cidade, retorna no banco de reservas, volta a jogar (um pouco pior que na estréia), a torcida começa a pegar no pé. No fim o contrato é rescindido e não se fala mais na figura.

Essa semana o Criciúma confirmou a vinda de Jardel (o dos 2 pulmões) e Luis Mario, ambos figurinhas carimbadas do Grêmio. Agora só falta eles chamarem o Paulo Nunes e o De Leon...

Dicas do futebol

O Folclore da Bola inaugura uma nova seção: Dicas do Futebol. Uma série de técnicas, boas práticas e outros, para profissionais e amadores.
Começamos pela dica número 001.

001. PÊNALTI SE BATE COMO UM TIRO DE META. Não invente. A não ser que você tenha técnica para bater no ângulo, colocado e com efeito (Tipo Luis Fabiano, que às vezes ainda erra), distancie-se 10 metros da bola, corra com velocidade e dê um chutão, com toda sua força, tirando cerca de 1,5 metros do eixo central do gol, a 1,2 m de altura. Você terá uma margem de erro de 1,2 metro de altura (a trave tem 2,44) e uma margem de 2 metros até o canto (a trave tem 7,32). Se você é um técnico de futebol, condicione os cobradores a baterem somente desse jeito.
Pode escrever: você jamais perderá uma disputa de pênaltis.

Ajudando a Wikipedia

A Wikipedia é um site bastante útil. Para os pesquisadores do folclore futebolístico, traz informações importantes como por exemplo a carreira dos jogadores..

Ajude a sustentar a Wikipédia e outros projetos, sem colocar a mão no bolso, e concorra a um Eee PC!
…e também a pen drives, card drives, camisetas geeks, livros e mais! O BR-Linux e o Efetividade lançaram uma campanha para ajudar a Wikimedia Foundation e outros mantenedores de projetos que usamos no dia-a-dia on-line. Se você puder doar diretamente, ou contribuir de outra forma, são sempre melhores opções. Mas se não puder, veja as regras da promoção e participe - quanto mais divulgação, maior será a doação do BR-Linux e do Efetividade, e você ainda concorre a diversos brindes!

Sem querer (querendo)

E o Renan teve a cara de pau em dizer que o lance foi casual:
_ Não vi o Rodrigo Mendes, então não posso dizer que mudaria meu jeito de sair. Não costumo me arrepender das coisas. Saí, peguei a bola, nem teria razão para acertar o jogador do Grêmio.
Ah bom, revendo o lance (post abaixo), percebe-se claramente que foi sem querer...

Renan, é melhor você levar umas pizzas pro teu técnico...

Fim


E Ronaldo está desempregado. Pela primeira vez desde o início da carreira.
O destino do craque deve ser o Flamengo. Melhor: mais perto, mais night, mais chance de dar assunto aqui no FB.
Sorte, Ronaldo.
Esperamos que ele tenha grana ao menos pra manter a moto.